CIFRA

Bb
Finges ser o que nada interessa
       C
Tomas a personagem de uma pessoa certa
D#                                                                    Bb
Ris do meu normal, da minha realidade linear

Bb
Sofres da riqueza e nada é certo
        C
Mas a certeza que tu tens é igual a zero
D#                                                              Bb
Podes falar que eu não vou ouvir tão cedo

Refrão 

D#                      D#m                    Bb
Vais sempre fingir gostar de alguém
D#                        D#m                     Bb
Gosta tanto tão pouco, quando te convém
D#                        Edim      Bb                     C7
Vamos dançar o vira, enquanto o vira é dança
D#                               D#m                          Bb
Mas o samba que tu danças também me cansa

Bb
Agora coitadinho e foi tão injusta
          C
Mas a justiça é o que ganhaste à minha custa
D#                                                                                 Bb
Pedes consolo a qualquer uma, não interessa ser lusa

Bb
Dizes que sou estranha, sou muito menina
         C
Que ponho muito açúcar na minha cafeína
              D#                                                                               Bb
Mas ao menos não meto conversa com mil Rosas ou Carolinas

Refrão

D#                      D#m                    Bb
Vais sempre fingir gostar de alguém
D#                        D#m                     Bb
Gosta tanto tão pouco, quando te convém
D#                        Edim      Bb                     C7
Vamos dançar o vira, enquanto o vira é dança
D#                               D#m                          Bb
Mas o samba que tu danças também me cansa

F Bb F

        Bb                                             F
Não sabes o vira, mas a gente ensina
             Bb                                                   F
Quem pode vem, quem não pode sai de cima
                                 Bb
Sai de cima, ó ai, ólarilolé
                     F
Ó ai, ólarilolé, ó ai
                  Bb
Ó ai, ólarilolé, ó ai
                   F
Ó ai, ólarilolé, ó ai
                   Bb
Ó ai, ólarilolé

Parou, parou
Parem, parem
Desculpem, desculpem
Parem, parem
Não vale a pena
Não vale a porque ele…

      D#                  D#m                Bb
Ele vai sempre fingir gostar de alguém
D#                            D#m                      Bb
Gosta tanto ou tão pouco quando lhe convém
         D#                     Edim                Bb               C7
Não vamos dançar o vira porque o vira já me cansa
         D#                              D#m                     Bb
Pára de dançar, pega na guitarra e apenas canta

Adicionado por

Rui Alves

PARTILHAR

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE

VIDEO