CIFRA

Intro

    Fm   D#  Bbm    C
e -----------------------------
B --9----8----6----8-----------
G -----------------------------
D -----------------------------
A ---8----6--------------------
E -------------6----8----------

Fm    D#                 Bbm
Conduzimos dias a fio
    C                              Fm
Naquela estrada perdida
   D#                     Bbm
E não chegámos nunca
                C                           Fm
Porque a viagem era o destino

Gm             G#
O tempo é escasso
           C#               Gm
Já só temos meia vida
Bbm                      Fm
Se andarmos para trás
     D#
Perdemos o que vem

F  F/E             F/Eb     D7
E tu? Que me dizes, amor?
     Gm        F#9-        Bb/F   D9/E
De nunca parares de existir
Cm6     F7     Bb/D  Bbm6    D7
Assim, posso viver sem pensar
Gm6           C7(9)
Que podes um dia não estar

Refrão

Gm7                     Am7
Há tantas coisas boas
                                      Gm7
E uma delas é estares perto
                                    Am7
De que servem 10 Lisboas
Se me sinto no deserto

Intro

   Fm       Gm           G#              C#         Eb5
O dia em que entenderes o meu olhar
      C4           C5+        C5                F
É o dia em que eu vou deixar de amar

F  F/E             F/Eb     D7
E tu? Que me dizes, amor?
     Gm        F#9-        Bb/F   D9/E
De nunca parares de existir
Cm6     F7     Bb/D  Bbm6    D7
Assim, posso viver sem pensar
Gm6           C7(9)
Que podes um dia não estar

Refrão

Gm7                     Am7
Há tantas coisas boas
                                      Gm7
E uma delas é estares perto
                                    Am7
De que servem 10 Lisboas
Se me sinto no deserto (x2)

Aqui fica um vídeo de Ricardo Peres (não da nossa autoria) que mostra como a música é tocada:

Adicionado por

Rui Alves

PARTILHAR

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE

VIDEO