O festival estava originalmente planeado ocorrer entre 8 e 11 de Julho, no Passeio Marítimo de Algés. Porém, a edição foi cancelada devido à decisão do Governo de impedir a realização de festivais até dia 30 de Setembro, como defesa ao surto de Covid-19.

O NOS Alive anunciou ontem, dia 9, informações acerca do reembolso dos bilhetes da cancelada edição de 2020. O festival publicou nas redes sociais um comunicado onde apresentam diferentes opções que um portador do bilhete com a data original tem ao seu dispor.

Na publicação, pode-se ler o seguinte:
“O sonho da 14ª edição do NOS Alive continua nos dias 7,8 e 9 de julho de 2021 no Passeio Marítimo de Algés. Todos os portadores de bilhete de NOS Alive ’20 poderão fazer a troca para um bilhete para as novas datas do NOS Alive 2021, ou caso prefiram, para um vale do mesmo valor, nos pontos de venda onde foram adquiridos, a partir do dia 15 de junho de 2020. O vale será utilizado para aquisição posterior de bilhetes do NOS Alive 2021 ou para qualquer outro espetáculo da promotora do festival, a Everything is New. Para quem infelizmente não possa comparecer nas novas datas do festival NOS Alive 2021 e não quiser ir a nenhum outro evento da Everything is New, poderá solicitar o reembolso a partir do dia 25 de junho de 2021 e até ao final dos primeiros 14 dias úteis do mês de janeiro de 2022. Obrigado por sonhares connosco.”

De relembrar que a edição de 2020 foi cancelada por decisão do Governo, que tomou a decisão de impedir a realização de qualquer festival de música até dia 30 de Setembro, afectando grandes festivais lusitanos como Paredes de Coura, EDP Cool Jazz ou o Neopop. A edição de 2020 contava com nomes como Kendrick Lamar, Charli XCX e alt-J. Taylor Swift já havia cancelado a sua comparência antes do cancelamento da edição.

A edição de 2021 do festival, que se realizará entre os dias 7 e 9 de julho desse mesmo ano, já conta com Da Weasel, que adiam assim o seu regresso aos palcos por um ano.

tweet original do festival encontra-se abaixo:

Imagem de destaque retirada do Wikipedia Commons.

Adicionado por

João Pedro Antunes

PARTILHAR

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *