Era Sexta-Feira, dia 20 de Dezembro. A “Oficina Os Infantes”, um bar situado bem no meio do centro histórico de Beja, enchia para ver, ao vivo, o concerto de Niki Moss, alter-ego de Miguel Vilhena – vocalista dos Savanna – que lançou este ano o seu primeiro álbum a solo: Gooey.




Pouco antes da meia-noite, Niki entra na escura sala onde está situado o palco d’Os Infantes, preparando-se para começar o concerto, enquanto o público se aglomera. Apresenta-se em palco acompanhado de alguns outros membros dos Savanna e do baterista Pedro Nobre, que, segundo Niki, faria o seu primeiro concerto com ele, após somente um ensaio. O grupo faz soar os primeiros acordes da setlist, com a Standing in the Dark – uma faixa que ganhou um EP com cinco versões diferentes da mesma.

 

O público parecia satisfeito com a performance do artista português, que fazia as transições entre músicas passarem despercebidas, dando a sensação de um som muito sólido. Pareceu tudo uma só música psicadélica e hipnótica, acompanhada de riffs de baixo, bastante dançantes, e de sintetizadores que fazem lembrar músicas de dança alternativa dos anos 80 ou até mesmo Tame Impala, na época do Currents.

 

Destaca-se também a performance de Seems To Be Late – originalmente dos Savanna – e a faixa que encerrou o breve concerto – GP Motorcycle Racing – que foi alongada para o triplo da sua duração para que Niki Moss pudesse fazer um autêntico show com os pedais. Tais brincadeiras e experimentações, aparentemente improvisadas, pareceram causar um grande sentimento de prazer no público, principalmente na linha da frente, que dançava maniacamente.

 

Apesar da sua curta duração (cerca de 30 minutos), o concerto foi satisfatório, tendo sido capaz de criar um ambiente energético. A posse do palco foi transferida para um habitual DJ d’Os Infantes – Hang the DJ – que deu aos clientes do estabelecimento um óptimo ambiente pós-concerto, com músicas de rock (e não só), de todas as épocas, até às 4 da manhã.

 





Adicionado por

João Pedro Antunes

PARTILHAR

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *