Keith Flint, vocalista da banda britânica The Prodigy, morreu em março de 2019, aos 49 anos. Vem aí um novo álbum em sua homenagem.

Foi em entrevista ao Podcast “The Morning After“, que o ex-teclista Leeroy Thornhill revelou os detalhes do próximo álbum da banda, The Prodigy.

Para assinalar a morte do vocalista e amigo, Thornhill refere que o grupo tem-se reunido para trabalhar em conjunto num próximo projeto, sucessor de “No Tourists”, lançado em 2018. Este foi o último trabalho de Keith Flint ainda vivo. “Estamos em contacto o tempo todo. Reunimo-nos no aniversário da morte de Keith e saímos para comemorar sua vida. Foi tudo de bom”, sublinha.

A banda não deixou claro se as novas músicas terão a participação dos vocais previamente gravados do falecido vocalista, e a questão de um novo frontman para o grupo ainda não está de cima da mesa. Para já, o grupo recorda com carinho o legado de Flint pelos The Prodigy: “É devastador, não passa um dia em que eu não penso nele e geralmente aparece com um sorriso. Tudo o que ele fez foi trazer alegria a milhões e milhões de pessoas. Ele fez a escolha de fazer o que fez e não importa o quanto dói e o quanto lamentamos.”, acrescenta Thornhill.

No Instagram da banda, pode ler-se: “De volta ao estúdio a fazer barulho. Novas músicas dos The Prodigy estão a caminho, boooom”

Com registos bem trabalhados que exploram o rock e a eletrónica, em 2013 os The Prodigy foram considerados o projeto de música eletrónica mais influente de sempre, de acordo com um inquérito realizado a dois mil ingleses frequentadores de festivais e discotecas.

A banda britânica subiu ao palco do NOS Alive em 2015, onde apresentou pela primeira vez em Portugal “The Day Is My Enemy”, o sexto disco do grupo. A última passagem dos The Prodigy por terras portuguesas registou-se a 26 de maio de 2018, no North Music Festival.

Adicionado por

Sara Rodrigues

PARTILHAR

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *