Dia 18 de maio, irão assinalar-se os 40 anos da morte de Ian Curtis, vocalista da banda britânica Joy Division. Está a ser preparado um evento especial, em sua homenagem.

Na próxima segunda-feira, poderá assistir a um espetáculo online com música, poesia e conversas, através da plataforma – United We Stream, a partir das 20h (Hora Lisboa).

O evento conta com as participações de Bernard Sumner e Stephen Morris, ex membros da banda Joy Division, que fazem hoje parte do grupo – New Order, nascido em Manchester, após a morte de Ian Curtis. Os músicos irão estar à conversa com o público sobre Curtis e a mítica banda que revolucionou o movimento pós-punk dos anos 80.

Intitulado “Moving Through the Silence: Celebrating the Life and Legacy of Ian Curtis“, o espetáculo é descrito como “uma noite especial com música, poesia e conversas, para lembrar a vida e o legado de Ian Curtis”. Para além de Sumner e Morris, juntam-se, ainda, os Elbow e os Kodaline, com atuações ao vivo e a atriz Maxine Peeker, entre outros amigos de Ian Curtis. Também estará presente Brandon Flowers, vocalista dos The Killers, que irá partilhar a influência de Joy Division no seio da banda e na sua experiência a solo.

O evento será transmitido em direto e apresentado por Dave Haslam, através da plataforma streaming – United We Stream, que está atualmente a angariar fundos para o combate à Covid-19 na cidade de Manchester, berço dos Joy Division.

Para além de celebrar a vida e morte de Ian Curtis, a iniciativa irá promover o primeiro dia da Semana de Consciência da Saúde Mental, no Reino Unido, e angariar receitas para a Manchester Mind, organização de saúde mental gratuita.

Faz quarenta anos que Ian Curtis pôs fim à própria vida, com 23 anos de idade. O músico sofria de epilepsia e depressão, patologias que terão amplificado o stress e levado ao suicídio. A sua morte ocorreu na véspera dos Joy Division embarcarem naquela que seria a sua primeira digressão nos Estados Unidos, para promoverem o seu segundo álbum – “Closer”, editado dois meses após a morte de Curtis, a 18 de Julho de 1980.

Oriundos de Salford, Manchester, os Joy Division marcaram o seu lugar revolucionário  no movimento pós-punk dos anos 80. O alcance da banda lançou-se para fora da Europa e o legado deixado pela sua música permanece, ainda hoje, com um estatuto intocável.

Adicionado por

Sara Rodrigues

PARTILHAR

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *